Terceira idade com maioria feminina está mudando de perfil

mulher na terceira idade
A população idosa cresce a cada ano, devido o aumento da perspectiva de vida da humanidade. Dessa população com mais de 60 anos, no Brasil mais da metade são mulheres. Isso significa que elas lutam mais por um bem estar na velhice. O que também exige que se tenha de fato uma boa qualidade de vida.

O que se questiona atualmente é se realmente elas estão tendo uma verdadeira qualidade de vida, com acesso a saúde, lazer, novas oportunidades em diversos segmentos sociais, numa cultura em que velhice ainda é sinônimo de ultrapassado, problema a mais.

Mesmo assim, muitas delas ainda continuam sendo a única fonte de sustento da família, mesmo que seja somente com a aposentadoria, ajudando também na criação dos netos.

Mas, como a maioria são mulheres, a tendência é a mudança desse quadro, devido ao comportamento dessas mesmas mulheres por seu espírito guerreiro por natureza. As mulheres acima dos 60 anos estão mais ativas, buscam mais seus direitos, se movem mais de um lugar para o outro. E elas fazem muito bem.

Segundo pesquisas, as mulheres idosas que procuram se mantiver ativas, vivem melhores, com menos sintomas típicos dessa fase da vida.

As atividades físicas trazem bem estar físico com redução da hipertensão arterial, melhora o equilíbrio, a coordenação motora.

Mas, é necessário também que busque atividades intelectuais, onde se sinta feliz e capaz. Essas atividades ajudam nas funções cerebrais, ativando a memória, melhorando a concentração.
E o melhor de tudo é que, se sentindo de novo útil e ativa, essa mulher tem sua auto estima elevada e aos poucos se livra de quadros depressivos.

Isso se refletirá na sua capacidade de socialização e interação com seu meio social, uma vez que o maior problema da terceira idade é a relação com a sociedade e com a família que, automaticamente já exclui a velhice de seu convívio, não valorizando as experiências trazidas em sua bagagem de vida.

Mesmo assim, muitas delas ainda continuam sendo a única fonte de sustento da família, mesmo que seja somente com a aposentadoria.

A descoberta dos talentos escondidos na terceira idade


Com sua auto-estima em alta, essa mulher consegue mudar o quadro, revertendo-o a seu favor. Não levará em conta sua idade física e sim o valor que cada experiência vivida tem e como esses saberes podem ser úteis à sociedade e à sua família.

Existem vários segmentos sociais voltados especialmente para esse público que buscam atender suas necessidades e preferências como lazer, atividades físicas, atividades intelectuais onde muitas se reintegram ao mercado de trabalho de alguma maneira.

Atualmente existem cursos na área de informática voltados para esse público, grupos dançantes da terceira idade, reuniões em que participam de oficinas de trabalhos manuais, congressos onde algumas descobrem seu talento para o empreendedorismo e acabam se tornado novamente independentes.

Cada mulher descobrirá o que realmente a faz feliz. O mais importante é procurar manter as funções cerebrais vivas através e isso só se consegue exercitando, dentro de suas capacidades e limitações e principalmente sob uma orientação adequada de profissionais qualificados especialmente para atender esse público.

As mulheres acima dos 60 anos que têm vida ativa, precisam tomar cerca de 30% a menos de medicamentos em relação a outras mulheres da mesma idade. E essa mesma mulher sabe da importância de consultar o médico com freqüência.
Graça Campos
Links patrocinados
 
Veja também

Dez alimentos que podem prolongar a vida

O consumo desses alimentos traz muitos benefícios para o organismo.

Os benefícios da soja na menopausa

Para as mulheres em especial, a soja trás inúmeros benefícios.

Como me alimentar durante o trabalho?

A agitação do cotidiano pode ser inimiga da vida saudável, saiba como driblar esta situação.

Danças para a terceira idade embalam cada vez mais os salões

Os salões de dança estão sendo descobertos com muita aprovação pela turma da terceira idade.

A mulher nasceu para correr rumo à felicidade e a uma vida saudável

Correr é uma grande chance de passar bons momentos de descontração e socialização.

Ansiedade: Preocupação com o que ainda não aconteceu

A vida agitada, os desgastes cotidianos, as cobranças do trabalho ou da família podem acabar gerando grande inquietação.

Comentários
 
Mais lidas: Saúde
Diário Feminino no seu email
 
Más Diario Femenino
 
SAÚDE

Ciclo menstrual irregular: fique atenta aos motivos

Causas da menstração irregular

 
DIETA

Chá branco ou verde? Qual o melhor dos dois chás para emagrecer

Há quem acha que o chá branco emagrece mais do que o chá verde

 
SAÚDE

Causas do corrimento vaginal

O corrimento vaginal é um dos mais comuns e mais irritantes problemas das mulheres

 
PSICOLOGIA

Abraço: Linguagem universal que faz bem a alma

Ainda não há palavra que defina exatamente a emoção de abraçar ou ser abraçada por quem queremos bem

 
PSICOLOGIA

Marketing pessoal: o segredo do sucesso profissional

Aprenda técnicas usadas pelas empresas para vender sua imagem e se destacar profissionalmente

 
 
Diario Feminino no mundo: Espanha França