Ciúmes é o tempero do amor?

Ciúmes é um sentimento
Ciúmes é um sentimento tão normal que todas as pessoas já sentiram. Algumas pessoas costumam até brincar dizendo que o ciúme é o tempero do amor. Será? O ciúme controlado não só é natural, como pode até auxiliar na relação, pois o sentimento impulsiona o cuidado a pessoas que amamos. Porém, quando o ciúme vem junto com o sentimento de posso, o desgaste para quem sente ciúmes e para o alvo do sentimento é extremamente doloroso.

A primeira relação de ciúme no ser humano vem ainda na infância, quando a criança tem medo de perder o amor dos pais. No entanto, quando crescemos e vamos ganhando autoconfiança, percebemos que as pessoas têm capacidade de amar diferentes pessoas, sem que o amor diminua. A pessoa que sofre com o ciúme não tem esta dimensão e não aceita o ser amado como um indivíduo, com vontades próprias, desejos unitários e que, mesmo assim pode se relacionar com você. Ter uma vida própria não significa traição, significa que a pessoa tenha anseios e consiga se realizar com amigos e prazeres que não incluem a namorada ou a esposa.

Espionar o celular, as redes sociais, e-mail, procurar vestígios em roupas são apenas alguns exemplos de atitudes comuns em pessoas ciumentas. A pessoa sofre constantemente com medo de perder o ser amado e por isso acha que deve estar sempre no comando, buscando maneiras de descobrir se existe uma outra pessoa tentando tirar o que é "seu".

Ciúmes e o medo da traição ou o abandono


O ciúme é um aviso claro de que algo não está bem e se este for o seu caso, você pode estar sofrendo e precisa encontrar a causa desta tentativa de controle. Se você sente arrepios só de pensar no "futebol com os amigos", procure avaliar se existe algum fundamento no ciúme, ou seja, se ele te dá razões para desconfiar, ou se você somente quer controlar e, no fundo, atue com certo egoísmo.

Se você já sofreu experiências reais de abandono ou traição é provável que tenha perdido a autoestima e esteja enfrentando problemas para aceitar que pode ser amada e que merece ser respeitada. O ciúme exagerado, muitas vezes, afasta mais o amado do que o atrai. A relação pode ficar tão difícil que pode chegar ao fim. O ciúme na maioria das vezes vem acompanhado de brigas violentas, acusações, ofensas e muito sofrimento.

Portanto, se você quer mesmo preservar o relacionamento, procure se controlar. Confie. A confiança é a base mais certa de um relacionamento. Não é exercendo um controle excessivo que você vai evitar a traição ou o abandono. Se o relacionamento como um todo não está bem, inevitavelmente uma hora irá terminar. Por isso, busque motivos para que seu amado queira estar ao seu lado, tornando os momentos agradáveis e não ache que a marcação serrada fará seu relacionamento mais feliz.
Letícia Murta
Links patrocinados
 
Veja também

Ciúmes ou sentimentos de posse? É bom avaliar essa relação

Quem nunca sentiu ou já sofreu com o ciúme, seja como sujeito desse sentimento ou vítima?

Amor à distância pode dar certo?

A internet facilitou o contato de quem se ama e é separado por uma barreira geográfica.

Poema de amor: Despedida

Despedida. Poema de amor de Cecília Meireles.

Aprendendo a ganhar com as perdas

Durante toda nossa existência, vamos colecionando perdas em vários segmentos da vida.

Comentarios
 
Más Diario Femenino
 
SAÚDE

Ciclo menstrual irregular: fique atenta aos motivos

Causas da menstração irregular

 
DIETA

Chá branco ou verde? Qual o melhor dos dois chás para emagrecer

Há quem acha que o chá branco emagrece mais do que o chá verde

 
SAÚDE

Causas do corrimento vaginal

O corrimento vaginal é um dos mais comuns e mais irritantes problemas das mulheres

 
PSICOLOGIA

Abraço: Linguagem universal que faz bem a alma

Ainda não há palavra que defina exatamente a emoção de abraçar ou ser abraçada por quem queremos bem

 
PSICOLOGIA

Marketing pessoal: o segredo do sucesso profissional

Aprenda técnicas usadas pelas empresas para vender sua imagem e se destacar profissionalmente

 
 
Diario Feminino no mundo: Espanha França